Como escolher o seu ramo de noiva

 

1 - A altura e corpo da noiva: as mulheres mais baixas devem escolherflores mais pequenas e ramos redondos com formas estilizadas. As noivas altas podem levar ramos grandes e longos. É importante procurar a proporção.

2 - O tom da pele, a cor do cabelo e dos olhos. As noivas morenas ficam favorecidas com cores vivas: amarelos ou fuscias, por exemplo. Pelo contrário, as loiras ficam muito bem com tons brancos e pastel. As ruivas podem levar cores fortes, com tons laranjas. Os especialistas recomendam que a cor do ramo de noiva deve estar de acordo com os tons de maquilhagem e, sobretudo, a cor do batón!

3 - O estilo, cor e volume do vestido de noiva: o bouquet é um complemento do vestido e deverá estar em sintonia com este. Um traje de corte clássico, com cauda e véu largo, pede um ramo em cascata. Vestidos com bordados pedem um ramo simples. Se o vestido de noiva for simples, pode-se optar por um ramo mais elaborado, com toques de cores.

4 - A época do ano: se o casamento for no verão, escolha um ramo de noiva com verdes para refrescar a imagem. Se o casamento for no Inverno, as flores podem ser colocadas de forma mais compacta. Tente sempre escolher flores de época, pois além de serem mais fáceis de encomendar, são mais baratas.

5 - A personalidade da noiva: este é um factor básico no momento de escolher o bouquet, pois tal como a escolha do vestido, uma noiva nunca pode parecer que está disfarçada. Para as conservadoras: ramos brancos, sensíveis e com poucas flores. Ramos atados que vão ligados com fita branca, bege ou hera, ou ramos tipo cascata, mais elaborados. Para as mais atrevidas, ramos roxos ou outras cores apelativas, composto por rosas em diferentes tons. Na verdade, existem ramos para todo o tipo de noivas: românticas, melancólicas, divertidas, atrevidas, clássicas ou convencionais. O seu ramo espera-a!